Michel Temer sanciona a Lei da Reforma Trabalhista sem vetos

0
171

O presidente Michel Temer sancionou a Lei da Reforma Trabalhista sem vetos nesta quinta-feira (13). Em cerimônia, o presidente afirmou que “foi árduo o percurso que os levou até esse momento”. O peemedebista ainda afirmou que todos os direitos do trabalhador serão preservados “porque a lei assim determina”. Temer ainda reforçou que a discussão da reforma “é uma disputa política”.

temer

A Lei nº 13.467, que altera a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), aprovada pelo Decreto-Lei no 5.452, de 1º de maio de 1943, também chamada de Lei de Modernização Trabalhista, está publicada na edição desta sexta-feira (14) do Diário Oficial da União.

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, elogiou o presidente Michel Temer durante a cerimônia para a sanção da reforma trabalhista. “A proposta do presidente Temer está, de fato, revolucionando a economia brasileira”, disse.

Meirelles defendeu a mudança na legislação com a lembrança de que a economia e a sociedade mudaram e as regras não conseguiram acompanhar. Ontem, o governo distribuiu aos senadores uma prévia da medida provisória (MP) que o governo prepara para ajustar pontos da reforma trabalhista.

A minuta prevê mudança da regra do trabalho insalubre para grávidas e veda a possibilidade de contratação de autônomo exclusivo sob risco de criar um vínculo empregatício. Os pontos eram reclamados por senadores, que aceitaram apoiar a aprovação da reforma sob a promessa desta MP.

A minuta confirma ainda o fim do imposto sindical no Brasil e descarta a hipótese já admitida pelo governo de rever o fim da obrigatoriedade do imposto. O tema gerou conflitos com a Câmara dos Deputados e o presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), chegou a dizer esta semana que “barraria” a MP.

Ontem, Maia voltou a afirmar que não fez nenhum acordo com o governo. “Se eu não alerto que a Câmara não faz parte desse acordo, fica parecendo que uma MP que está sendo editada tem o apoio da Câmara e isso não é verdade”, disse.

Redação Correio 24H

F10 – SUPLEMENTOS

COMENTE AGORA MESMO

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.