Hackathon busca soluções tecnológicas para aperfeiçoamento das políticas de trabalho

0
111

Realizada pelo Governo do Estado, competição faz parte da Campus Party Bahia e segue até o sábado (12).

Crédito: Marcelo Reis (Ascom Setre)
Crédito: Marcelo Reis (Ascom Setre)

Desenvolver soluções tecnológicas inovadoras que resultem na melhoria das políticas públicas de trabalho é um dos objetivos do Hackathon Desafios Bahia que teve início na manhã desta quinta-feira (10), na Arena Fonte Nova, em Salvador. A competição, que integra a programação da edição estadual da Campus Party, segue até o sábado (12), reunindo programadores, desenvolvedores, designers, empreendedores e criativos em geral.

Durante a abertura do hackathon, a secretária do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, Olívia Santana, destacou que o evento é uma estratégia para o aperfeiçoamento dos serviços oferecidos pelo Governo da Bahia. “É muito importante que os jovens que fazem coisas extraordinárias com a tecnologia possam nos ajudar a pensar soluções para o nosso sistema de intermediação de mão de obra. Se a gente otimiza o sistema que a gente tem, certamente teremos melhores condições de servir a população que nos procura em busca de uma oportunidade de trabalho. Estamos com uma expectativa muito grande em relação as propostas que serão desenvolvidas na competição”, ressaltou.

O desafio da área de trabalho foi apresentado pelo coordenador estadual de Intermediação de Mão de Obra e Seguro Desemprego, Hildásio Pitanga. Na oportunidade, ele explicou a dinâmica de funcionamento da Rede SineBahia, destacando os entraves dos processos de captação de vagas e encaminhamento de trabalhadores, e convocou os participantes a pensarem alternativas para expandir e aperfeiçoar o Sistema de Intermediação de Emprego para os 417 municípios baianos.

Expectativas

O estudante de Sistema de Informação, José Diogo, 20 anos, não escondia a empolgação em participar pela primeira vez de uma maratona do gênero. “Faço parte de um grupo de desenvolvimento e a gente já tem uma ideia para a área de trabalho. Estou muito animado por encontrar pessoas, fazer networking, botar alguma coisa pra funcionar rapidamente e, principalmente, pela possibilidade de contribuir para a sociedade, resolvendo um problema de verdade”, contou, ao lado dos outros quatro membros do grupo.

Prestes a concluir o curso superior na mesma área, Jucimeire Lopes, também reuniu colegas para participar do evento. “Nossa expectativa é concluir e implementar o projeto que temos voltado para a questão do trabalho”, explicou.

Maratona

O Hackathon Desafios Bahia é uma iniciativa do Governo do Estado. Além do desenvolvimento de aplicativos e ferramentas digitais voltadas para as políticas públicas de trabalho, a competição busca alternativas tecnológicas para a mobilidade urbana.

A cerimônia de premiação dos três melhores projetos, em cada uma das duas áreas, acontece no sábado (12), às 19h, no palco principal da Campus Party.

“A certeza é que os resultados vão ter impacto social, com soluções reais para problemas reais. Realizar hackathon vai ser uma ação contínua do Governo do Estado para melhor a vida das pessoas com a ajuda da tecnologia”, afirmou o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Vivaldo Mendonça.

ASCOM SETRE

F10 – SUPLEMENTOS

COMENTE AGORA MESMO

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.