Em 2017: Nove pessoas morreram de Aids em Teixeira de Freitas

0
136

A informação é da Superintendência de Vigilância e Proteção da Saúde, órgão vinculado à Secretaria Estadual de Saúde (Sesab). De acordo com o levantamento, em Ilhéus, sul da Bahia, durante o ano de 2017, foram registrados 12 óbitos de pacientes infectados pelo HIV. Em Itabuna, conforme os dados, há quatro registros.

No extremo sul, Porto Seguro e Teixeira de Freitas, estão entre os municípios com maior número de registro de óbitos. Em Porto Seguro, foram nove mortes – oito crianças e um adulto, enquanto em Teixeira de Freitas oito adultos e uma criança morreram em decorrência da Aids. Salvador é a localidade com maior ocorrência no estado, com 91 mortes de pessoas adultas e 36 crianças.

O levantamento é referente ao período de 1º de janeiro a 18 de dezembro de 2017. Em todo o estado, a Aids causou 196 mortes de pessoas adultas e 64 crianças. (Da redação TN)