Hillary Clinton: “Isso é doloroso e será por muito tempo”

0

Em discurso emocionado, a candidata derrotada à Presidência dos Estados Unidos, Hillary Clinton, admitiu a vitória do republicano Donald Trump e pediu que as gerações seguintes continuem “lutando por aquilo em que acreditam”. “Eu quero que vocês se lembrem disso: Donald Trump será o nosso presidente. Nós devemos a ele nossas mentes abertas e o direito de liderar”, afirmou a democrata, em tom de despedida política. 2016-11-09t170107z_895269469_ht1ecb91b8q5r_rtrmadp_3_usa-election-clinton

“Eu sei como vocês estão desapontados, porque também sinto isso… É doloroso e será muito tempo”, afirmou Hillary a seus apoiadores, em Nova York. “Vimos que nossa nação é mais profundamente dividida do que pensávamos”, comentou a ex-secretária de Estado, que foi derrotada nos votos do colégio eleitoral, mas aparece na frente de Trump no voto popular.

“Eu sou muito grata pelo nosso país e por tudo que ele me deu. Agradeço todos os dias por ser americana”, afirmou Clinton. A ex-secretária de Estado também agradeceu a companhia do candidato à vice-Presidência, Tim Kaine, e o apoio do atual presidente americano, Barack Obama. “A Barack e Michelle Obama nossa nação deve um enorme crédito de gratidão”, disse.

Após meses de discursos confiantes, com pesquisas que pendiam a seu favor, Clinton não comentou sobre seu futuro político e, sim, pediu apoio dos jovens para construir o futuro do país. “Passei toda minha vida adulta lutando por aquilo em que acredito. Tive sucessos e derrotas, algumas dolorosas”, admitiu. “Essa perda dói, mas por favor, nunca parem de acreditar que vale a pena lutar pelo que é certo”.

por VEJA