Chiclete e Cheiro de Amor estão fora de blocos no Carnaval de Salvador e culpam crise

0

Consideradas duas das atrações mais tradicionais do Carnaval de Salvador, as bandas Cheiro de Amor e Chiclete com Banana não puxarão blocos na folia baiana em 2017. A decisão provoca ainda a ausência dos blocos “Yes”, “Cheiro” e “Nana Banana” nos dois circuitos da festa momesca. O motivo defendido foi a falta de apoio financeiro, ocasionada pelo agravamento da crise econômica no país. “Entendemos que este momento delicado da economia assustou bastante os patrocinadores.

cheirod-1200x545_c

E, por isso, decidimos tocar fora da Bahia, já que somos bem procurados lá fora. Aqui, faremos apenas os camarotes do Nana e Salvador”, comentou Diney Azevedo, responsável pelo financeiro do Chiclete com Banana, que salientou, entretanto, não representar o fim da participação da banda na festa. “Queremos voltar mais maduros e enxutos em 2018. Acredito que teremos um incentivo público para esse novo tempo”. Porém, se a ex-banda de Bell Marques não puxará trio na capital, o Cheiro, atualmente liderado por Vina Calmon, ainda cogita sair como atração independente. “Windson [Silva] (proprietário do ‘Yes’ e do ‘Cheiro’) tentou de todo jeito, mas não conseguiu patrocínio. É importante lembrar que ele é responsável pelos blocos, pois a banda é gerenciada pela produtora de Peu Aguiar há quase um ano. Provavelmente, o Cheiro sairá sem cordas em 2017”, explicou a assessoria do grupo. por Júnior Moreira – BN