Ministro da Economia cita Arena e “pênaltis roubados” para o Corinthians em pronunciamento

0

O Corinthians virou assunto para o governo do presidente Jair Bolsonaro. Em pronunciamento durante seminário “A Nova Economia Liberal”, conforme publicou o Uol Esporte, Paulo Guedes, ministro da Economia, citou o estádio corintiano em uma crítica sobre a administração financeira do país nos últimos anos.

Além da casa alvinegra, Guedes também fez uma alusão ao ex-presidente Lula, corintiano assumido, e possíveis favorecimentos ao Corinthians.– No Brasil é ao contrário, os recursos estão no topo. Então, se o presidente é Corinthians, surge o estádio do Corinthians. Ninguém consegue pagar aquilo lá – afirmou o ministro.

Paulo Guedes, ministro da Economia, ironizou Arena Corinthians — Foto: Ilan Pellenberg/Estadão Conteúdo

– E o Corinthians começa a ganhar Campeonato Brasileiro, porque todo jogo tem um pênalti roubado lá a favor deles – completou. Em pronunciamento ao Uol, o Corinthians repudiou as declarações de Paulo Guedes.

“O Sport Club Corinthians Paulista repudia as palavras do ministro Paulo Guedes durante sua palestra na Fundação Getúlio Vargas, na qual demonstrou grande insensibilidade ao não reconhecer o grande sacrifício feito pela agremiação para construir sua Arena e também para continuar pagando as parcelas de seu financiamento. A ironia, proferida na ocasião, ofende mais de 33 milhões de brasileiros corinthianos, entre eles, eleitores do atual governo, e todos indistintamente testemunhas do esforço do clube para honrar seus compromissos. O Corinthians aproveita a oportunidade e convida o ministro para assistir uma partida do time mais vitorioso da década em uma Arena só comparável às mais modernas do mundo, carinhosamente chamada de Casa do Povo.” Por GloboEsporte