Dani apoia Diego em decisão de assumir ser gay e reprova bullying contra irmão: “Violência é ruim”

0

Durante passagem por Teresina, a ginasta Daniele Hypolito comentou sobre a decisão do irmão Diego em assumir ser gay. A ginasta não escondeu o amor e o cuidado que tem por ele, mas preferiu não entrar em detalhes sobre a declaração de Diego, que em entrevista na semana passada revelou publicamente sobre sua homossexualidade. Dani deixou claro que o apoia em todas as decisões, está “do lado dele”, porém ressaltou que não se sentia confortável para discutir sobre o tema e ainda condenou o bullying contra Diego.

Dani Hypólito em Teresina — Foto: Arthur Ribeiro/GloboEsporte.com

– Não me sinto confortável de falar sobre isso, mas não é questão de ser contra ou não. Sempre apoiei meu irmão, independente da declaração que ele deu agora, sempre estive do lado dele. Realmente, o Diego para mim vai continuar sendo o Diego. Então, o caráter dele que define o que ele é como pessoa e não a sexualidade. Para mim, é indiferente porque é meu irmão. Independente da decisão e opção dele, para mim o Diego vai continuar sendo o Diego – disse a ginasta, completando:”Isso para mim (Diego em assumir ser gay) é irrelevante porque ele é meu irmão e isso não vai mudar para mim o que ele é como pessoa e nem o caráter que conheço desse. Para mim é indiferente”.Dani relatou que sentiu na pele, sofreu junto com Diego, quando o irmão sofria bullying.

– Sou irmã dele, qual irmã que não se sente mal vendo seu irmão sofrendo bullying? Eu ficava em uma situação que que ficava mal por ver meu irmão passando por aquilo, e é uma situação que nunca gostei. Bullying é ruim, agressão é ruim e a violência em si é ruim. Existem, infelizmente, violência de várias maneiras, e a única coisa que posso fazer é realmente abraçar ele e mostrar que estou do lado dele independente de qualquer coisa – narrou a ginasta.Fonte GloboEsporte