Amigo da Educação: Índice do IDEB na educação de Itamaraju foi superada durante a gestão de Pedro da Campineira

0

Durante sua gestão de prefeito em Itamaraju, Pedro da Campineira foi um gestor que muito desenvolveu ações na educação do município, em infraestrutura e valorização da classe. Todo o cuidado e investimento na educação no período da sua gestão foi refletido no índice do IDEB – Índice de Desenvolvimento da Educação Básica, onde as metas projetadas pelo Ministério da Educação a partir de 14 Escolas Municipais foram superadas na cidade.

Pedro da Campineira em reunião com profissionais da educação durante a sua gestão.

O resultado é importante para a educação em nível nacional, porque o índice apontado é medido por município e posteriormente forma o cenário nacional.

Tal objetivo foi alcançado graças ao comprometimento de toda a equipe pedagógica e do prefeito Pedro da Campineira. A equipe pedagógica, formada por professoras, diretoras, vice-diretoras, secretárias entre outros colaboradores estão dia a dia nas escolas desenvolvendo a arte de ensinar da melhor forma possível, e tudo isso vem somado as boas condições de trabalho que Pedro da Campineira ofereceu, através da reforma de escolas inteiras, garantindo mais conforto aos professores em ensinar e aos alunos em aprender.

idebd2
Pedro da Campineira em reunião com profissionais da educação durante a sua gestão.

O Centro Educacional de Itamaraju foi a Escola Municipal que recebeu a maior pontuação no IDEB (6.4) que era uma meta prevista para 2022 e já foi atingida em 2016. Na época, a diretora da escola disse em entrevista, que isso demonstra o compromisso assumido e requer um empenho ainda maior porque ter um índice bom é difícil, mas para mantê-lo se faz necessário um compromisso muito sério e de muita responsabilidade, tanto dos educadores, quanto de Pedro da Campineira, para que seus alunos e a rede pública de ensino cheguem ao referido patamar.

Pedro da Campineira em reunião com profissionais da educação durante a sua gestão.

Das 14 Escolas Municipais com os índices elevados em Itamaraju, estavam na lista a Escola Duque de Caxias que sempre foi uma referência no município e que em 2016 já havia superado as metas previstas para 2021. A Escola Duque de Caxias obteve o índice de 5.8, enquanto que a meta para 2016 bastava ser 3.8 e para 2021 é 5.7. “Esse resultado reflete o trabalho e a dedicação de todos os profissionais do município, desde os diretores das escolas, coordenadores e professores, assim como da equipe administrativa, que não tem medido esforços para colocar a educação de Itamaraju em melhores patamares. Estamos muito felizes com o resultado”, festejou a diretora do Colégio Duque de Caxias na época.

Em 2013, Pedro da Campineira já havia começado a festejar o resultado alcançado por 17 Escolas Públicas Municipais, em notas referenciais no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica – IDEB, que mede a qualidade de cada escola e de cada rede de ensino.

Conforme o prefeito Pedro da Campineira, a meta das escolas de Itamaraju em 2011 era de 3,4 pontos, mas foi alcançado no primeiro ano de sua gestão em 2012 uma média de 3,8, superando a meta almejada. Sendo que em 2013, 17 Escolas Públicas Municipais de Itamaraju pontuaram no IDEB e a Escola Municipal Duque de Caxias foi a maior referência da educação municipal na avaliação do IDEB, que obteve na ocasião, nota média de 4,9. Campineira explica que quanto maior for a nota da instituição no teste e quanto menos repetências e desistências ela registrar, melhor será a sua classificação.

“Consegui, durante minha gestão, destacar Itamaraju na qualidade da educação, por que tive a coragem de fazer valorizar os profissionais da educação, onde inseri professores de qualidade para trazer uma melhor educação para o nosso povo. Tive o cuidado de buscar melhorar a merenda escolar, colocar ônibus para transportar os alunos e, investir na construção de creches e novas escolas públicas, reformando todas elas e ampliando a maioria. Todo o investimento que busquei fazer e a dedicação de cada um dos professores resultaram na mais destacada pontuação que o setor da educação itamarajuense conquistou para o bem de todos e para o futuro dos nossos alunos. Na minha gestão o professor em Itamaraju possuía identidade e qualificação”, relembrou o ex-prefeito Pedro da Campineira.

Ainda sobre os professores Pedro da Campineira atribuiu toda essa conquista a classe. “Os professores desenvolveram um papel importantíssimo para que essa conquista fosse alcançada durante a minha gestão, sem o empenho e dedicação deles, nada disso teria sido conquistado e sou muito agradecido a cada um deles pelo lindo trabalho que desempenham em nossa cidade. Tenho a consciência tranquila de que busquei sempre oferecer as melhores condições possíveis de trabalho a eles. Foram reformadas todas as escolas da cidade, muitas equipamos com sala de informática, disponibilizamos acesso à internet e condições para que o trabalho fosse feito da melhor forma possível. Lembro que quando assumi a prefeitura, tinham escolas que eram debaixo de lonas e deixei as escolas totalmente estruturadas.” ressaltou Pedro da Campineira.

IDEB
O IDEB é calculado a partir de dois componentes: a taxa de rendimento escolar (aprovação) e as médias de desempenho nos exames aplicados pelo INEP. Os índices de aprovação são obtidos a partir do Censo Escolar, realizado anualmente.

As médias de desempenho utilizadas são as da Prova Brasil, para escolas e municípios, e do Sistema de Avaliação da Educação Básica (SAEB), para os estados e o país, realizados a cada dois anos. As metas estabelecidas pelo IDEB são diferenciadas para cada escola e rede de ensino. Na época, o objetivo único era de alcançar 6 pontos até 2022, média correspondente ao sistema educacional dos países desenvolvidos que já havia sido alcançado na gestão de Pedro da Campineira.