Itamarajuense de seis anos, conquista títulos importantes de KATA e KUMITE em campeonatos virtuais.

0

Durante a pandemia, a vida ficou estranha, monótona, sem o futebol, sem treinos, sem shows de música, sem os passeios no parque. Mas, trouxe inovação e muita tecnologia. Treinadores têm desde o início da quarentena incentivando os alunos a treinarem em casa. Os pais começaram a mandar vídeos e assim, fazem campeonatos de forma VIRTUAL. Atletas abraçam a ideia e o sucesso é certeza.

Sendo assim, o Dojo Fudoshin karatê Do – de Itamaraju, situado na Rua Julia Alves Rodrigues 321, Liberdade, ao longo dessa PANDEMIA, o Sensei Jilmar, visando o desenvolvimento dos seus alunos vêm participando de vários campeonatos VIRTUAIS com várias Federações (estado) e Confederações (nacional) pelo Brasil. Filiados a FKBA (Federação de karatê da Bahia) e na CNKB (Confederação Nacional de karatê do Brasil).

Com todos os eventos participados, vários atletas tiveram êxodo. Entre eles o atleta de seis anos de idade, SAMUEL BRITO XAVIER, conquistou títulos em todos os cinco campeonatos virtuais de KATA e 3º colocado na modalidade de TÉCNICAS DE KUMITE (luta).

O Dojo Fudoshin karatê Do foi fundado em dezembro de 2019 pelo sensei Jilmar Carvalho de Narde, faixa preta 1º DAN e conta com a parceria dos Sensei Erion Cruz de Souza, faixa preta 3º DAN e Sensei Rael Soares Bonfim, faixa preta 2º DAN. Juntos, executam esse trabalho com o objetivo de verificar a ação do karatê como instrumento de socialização, tendo em vista a necessidade de formação de valores humanos na sociedade atual, buscando ainda identificar as contribuições do karatê para a formação de valores e desenvolvimento de habilidades sociais, concluindo que, o karatê contribui para a socialização de crianças e adolescentes porque visa principalmente a formação do caráter do aprendiz.