Mucuri: Robertinho paga R$ 2,3 milhões de salários atrasados do governo anterior

0


Servidores da Prefeitura de Mucuri, que ficaram sem receber o salário do mês de dezembro de 2020, de responsabilidade do ex-prefeito Carlos Simões (PSD), puderam ir ao banco na manhã desta segunda-feira, 22 de fevereiro e sacar os valores. No total foram pagos R$ 2.354.900,00, bem acima do acordado entre a administração atual do prefeito Roberto Figueiredo Costa ‘Robertinho’ (DEM) e o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (Sindservim).

Numa reunião realizada no último dia 2 de fevereiro, entre os líderes sindicais e o advogado Luciano Leite Afonso, atual secretário municipal de Administração, foi feita a proposta que o município pagaria em 20 do mesmo mês, a quantia de R$ 1.657.711,77, de vencimentos aos profissionais da educação referentes ao Fundeb 60 e Fundeb 40. “O Sindiservim rejeitou a proposta, mas mesmo o prefeito Robertinho resolveu cumpri-la e ainda autorizou o pagamento dos salários de outras pastas”, comentou Afonso.

Ainda de acordo com o secretário Luciano Leite Afonso, além de R$ 1.657.711,77 da educação, foram quitados os salários de dezembro das folhas da Saúde/PSF (R$ 136.660,00; Saúde/Samu (R$ 14.017,00; Assistência Comunitária/Saúde (R$ 115.036,00); Assistência à Saúde (33.163,00); Saúde Nasf (R$ 2.170,00); Saúde/Caps (R$ 33.174,00; Vigilância Epidemiológica (R$ 19.374,00); Ação Social P. Básico variável (R$ 15.337,00); Assistência Social/Creas (R$ 8.758,00) e outras secretarias (R$ 319.495,00).
“No total a Prefeitura de Mucuri quitou R$ 2.354.900,00 dos salários que tinham sido deixados em atraso pela administração anterior”, reforçou o secretário Luciano Leite Afonso, adiantando que outras três folhas, sendo educação geral, saúde geral e assistência social geral, ficaram de fora desse pagamento por questão contábil, pois apesar de terem sido deixadas em restos a pagar, não ficaram depositados os valores suficientes para efetivação dos pagamentos.

“Para quitação dos salários de dezembro destes funcionários, o setor de contabilidade do município fará a anulação dos restos a pagar e a Prefeitura depositará os valores nas contas dos servidores através de Despesa de Exercício Anterior (DEA)”. No total as três folham somam R$ 756.407,00 e a previsão de quitação é para o próximo dia 20 de março.

“É mais uma etapa vencida e mais um problema resolvido deixado pela administração que me antecedeu. Quero ter a tranquilidade de governar Mucuri como um cidadão comum e andar por minha cidade de cabeça erguida. Estamos trabalhando dia e noite e com certeza em breve, daremos novamente o sentimento de orgulho aos mucurienses”, comentou o prefeito Robertinho.