Inscrições para monitoria do Programa Mais Estudo seguem até dia 4 de abril

0

Os estudantes da rede estadual de ensino que preencherem os critérios de seleção do programa de monitoria Mais Estudo deverão entrar em contato com os gestores das escolas onde estão matriculados, pois o processo de inscrição segue até o próximo domingo (4).

A lista dos pré-habilitados, que considera as notas dos estudantes, encontra-se disponível no sistema de gestão do programa, acessível somente para a equipe escolar. Estão sendo ofertas 52 mil vagas em todo o território baiano. Os selecionados serão monitores de Língua Portuguesa, Matemática e Educação Científica durante o ano letivo 2020/21 e receberão uma bolsa de R$100 mensais durante o período que estiverem vinculado ao programa.

Regulamentado como lei estadual no último sábado, dia 27 de março, o programa foi iniciado em 2019 com oferta de 10 mil vagas. A superintendente de política para a educação básica, Manuelita Brito, fala sobre a amplitude do programa. “O projeto aprovado na Assembleia Legislativa do Estado e que agora é lei, concede ao Governo do Estado, por meio da Secretaria de Educação, a garantia de que todos os anos serão realizadas novas edições do programa. O estudante com boa média em Português ou Matemática poderá ajudar seus colegas nesse processo de aprendizado. Esse ano o tempo dedicado ao programa, de oito horas semanais, será computado como carga horária letiva e vale tanto para os monitores quanto os demais alunos que participam da monitoria”.

O Programa Mais Estudo é voltado para estudantes do 8º e 9º ano do Ensino Fundamental e da 1ª a 4ª série do Ensino Médio, em todas as ofertas e modalidades, desde que estejam regularmente matriculados na unidade escolar em que irá realizar a monitoria e que tenha obtido aproveitamento com média final igual ou maior que oito (8,0), no ano letivo ou no trimestre anterior àquele em que será iniciada a seleção no componente curricular para o qual pleiteia a monitoria.

Nas unidades escolares em que haja alunos com média igual ou maior que oito em número inferior à quantidade de vagas disponibilizadas, serão considerados elegíveis, aqueles com nota/média igual ou maior que sete (7,0). Também serão habilitados estudantes premiados na Feira de Ciências da Bahia (Feciba).

Processo seletivo

Para participar, o estudante deve possuir Cadastro de Pessoa Física (CPF) devidamente regularizado; dispor de oito horas semanais, de acordo com o calendário definido pela equipe gestora e pela coordenação pedagógica da unidade escolar. O estudante não poderá estar atuando em outra monitoria.

Para aderir ao Programa, o gestor da unidade escolar deverá confirmar a participação do estudante no Sistema de Gestão do Mais Estudo, no site informado anteriormente.

Caberá à unidade escolar constituir uma comissão de seleção dos monitores e organizar a forma de distribuição dos grupos de estudo para cada turma, sob a responsabilidade do estudante monitor, considerando as diretrizes da Secretaria da Educação do Estado. A forma de distribuição dos grupos de estudo será especificada no Documento de Orientações Pedagógicas do Programa Mais Estudo.

Repórter: Jairo Gonçalves