Vocalista do Raça Negra detona afastamento de Belo da turnê ‘Gigantes do Samba II’

0
Foto: Divulgação

O afastamento do cantor Belo da turnê ‘Gigantes do Samba II’ ainda é motivo de polêmica entre ele, Alexandre Pires e Luiz Carlos, que também se apresentam no show. Os músicos reuniram a imprensa em Recife, na última terça-feira (1º), para falar sobre o projeto e comentaram a ausência do colega no evento. O primeiro show dessa nova fase vai acontecer no dia 11 de Março, na casa de show Classic Hall, em Pernambuco.

“Como não é nenhuma novidade para o público, ele (Belo) tem uma mania de faltar aos shows e compromissos. Isso aconteceu no ano passado no Samba Recife e faltou aos nossos ensaios. Faz tempo que não o vejo pessoalmente. Ele não compareceu às gravações e ensaios. Infelizmente não tínhamos como colocá-lo nesse projeto, pois não sabíamos nem que música ele iria cantar. Então nós não o afastamos, ele mesmo se afastou. Então essa resposta teria que partir dele. Todo o processo da turnê durou três meses e, durante esse tempo, não tivemos nenhuma presença dele. A vida segue e precisamos seguir com o Gigantes do Samba. Lamentamos muito, pois era um projeto muito legal tanto para ele, quanto para nós. Em nenhum momento ele comunicou o afastamento pessoalmente falando. Através de rede social não adianta”, desabafou o líder do grupo ‘Raça Negra’, ao site ‘Ego’.

Ainda na entrevista, Alexandre Pires falou como está sendo preparado o repertorio do show e o motivo da escolha de Recife para receber o primeiro show desta nova fase. “A escolha pelo Recife aconteceu pela intimidade que temos com os recifenses. No Nordeste, Pernambuco é o nosso maior público na região. Estamos pensando em gravar o DVD da turnê e quem sabe não escolhemos Recife para eternizar esse projeto”, disse.

“Temos um repertório muito grande e os fãs sempre questionaram algumas músicas fora do show. Não é fácil o processo de selecionar músicas. Dessa forma, podemos também surpreender nossos fãs. Porém, o show também conta com várias músicas de Tim Maia, por exemplo. O primeiro projeto ninguém abria nosso show. Já nesse, vamos contar com a beleza e canto da cantora Ana Clara, que representa muito bem o samba no sul do país. Mas sim, claro que existe a possibilidade de ter um novo cantor ou quem sabe até uma nova cantora em nosso projeto e continuar com o projeto inicial da turnê”, completou.

Redação Ibahia